28 de fevereiro de 2020
Projeto coordenado pelo Centro de Inovação e Tecnologia do SENAI desenvolverá novas ligas de alumínio de alta resistência para automóveis

Por Marcio Ishikawa |

A Companhia Brasileira do Alumínio (CBA), a Novelis e a Fiat Chrysler Automobiles (FCA) assinaram um acordo de cooperação tecnológica para o desenvolvimento do projeto “Otimização de Ligas de Alta resistência de Alumínio para o Setor Automotivo”. Coordenada pelo coordenada pelo Centro de Inovação e Tecnologia do SENAI, por meio da Unidade de Inovação em Metalurgia e Ligas Especiais da Embrapii (Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação), o consórcio conta ainda com a participação de Aethra e 6PRO Virtual and Practical Process.

Cooperação tecnológica - CBA, Novelis, FCA

O principal objetivo é o desenvolvimento de duas ligas de alumínio de alta resistência para a indústria automobilística brasileira com um amplo leque de aplicações. Além ajudar a atender as metas de eficiência energética, as novas ligas desenvolvidas pelo acordo de cooperação tecnológica devem ser competitivas no mercado externo, atendendo a requisitos técnicos e econômicos para exportação.

“O desenvolvimento das ligas de alumínio vem para aumentar a competitividade da cadeia de mobilidade do nosso país”, afirma Marcos Simonetti, especialista em Inovação Industrial na EMBRAPII.

“Parcerias estratégicas com instituições de ponta são fundamentais para o amadurecimento do mercado brasileiro frente a utilização do alumínio como alternativa para tornar os veículos mais leves, diminuir o consumo de combustível, mantendo a segurança de seus usuários”, afirma Nataly Yoshino, Gerente de Desenvolvimento de Mercado e Inovação da CBA.

Em sua página no LinkedIn, a Novelis celebrou o acordo de cooperação tecnológica. “Por ser um material mais leve, o alumínio agrega vantagens como diminuição do peso do veículo, economia de combustível e redução de emissões.”

Por sua vez, a FCA, afirma que o projeto é fruto de um mapeamento das demandas tecnológicas da empresa. “A pesquisa irá fomentar inovações na cadeia automotiva ao impulsionar o desenvolvimento local de tecnologias, preparando o automóvel para os novos desafios, principalmente levando-se em consideração as metas do Programa Rota 2030 nas áreas de eficiência energética e segurança veicular”, disse João Irineu Medeiros, diretor de Segurança Veicular e Conformidade Regulatória da FCA para a América Latina.

André Zanatta, gerente de Inovação e Tecnologia do CIT SENAI, explicou que o fato de o projeto reunir várias empresas com um objetivo único. “É gratificante estar com esses parceiros pelos próximos 13 meses desenvolvendo um produto que irá agregar mais valor para o setor automotivo”.

O projeto de cooperação tecnológica “Otimização de Ligas de Alta resistência de Alumínio para o Setor Automotivo” receberá recursos do Rota 2030 do Governo Federal. Uma das diretrizes do programa é o incentivo à realização de pesquisas e o desenvolvimento local de tecnologias.

Leia também:
– Consórcio britânica desenvolverá processo Hot Form Quench
– Projeto NextGenAM coloca planta piloto em funcionamento
– Acordo de colaboração entre Arconic e Lockheed Martin

CBA, Novelis e FCA: acordo de cooperação tecnológica no Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *