18 de dezembro de 2017
Projeto da Agência Espacial dos EAU, Hope pesa apenas 1,5 tonelada e deve levantar vôo em 2020

A Agência Espacial dos Emirados Árabes Unidos apresentou, no último Dubai Air Show, um protótipo da sonda espacial Hope, desenvolvida para orbitar Marte, coletando dados sobre o planeta vizinho. A sonda foi construída com uma estrutura superleve de alumínio com painéis em forma de colméia, também feitos de alumínio.

Sonda espacial Hope

Com de 2,37 metros de diâmetro e 2,9 metros de diâmetro – sem contar os painéis solares móveis de 600 watts e a antena de 1,5 metro de diâmetro -, a sonda espacial Hope pesa apenas 1,5 tonelada, graças ao uso de alumínio em sua estrutura e também nos painéis. Ela faz parte do projeto Emirates Mars Mission, que foi anunciada em 2014 e pretende levantar vôo em julho de 2020.

Seus principais equipamentos científicos são uma câmera digital colorida de alta resolução e dois  espectrômetros – um infravermelho, para examinar padrões de temperatura e a presença de gelo, vapor de água e pó na atmosfera, e outro ultravioleta, para estudar a atmosfera em busca de traços de oxigênio e hidrogênio. Com capacidade de armazenamento de 20 GB de dados, ela enviará dados que serão compartilhados publicamente pelos Emirados Árabes Unidos.

De acordo com a Agência Espacial do país árabe, a sonda irá fornecer os primeiros dados confiáveis a respeito da atmosfera marciana, até então pouco conhecida. Será possível, então, obter um mapeamento global do clima de Marte, compreender a sua dinâmica climática, explicar como as mudanças climáticas afetam a superfície do planeta e, também, compreender por que e como Marte perde oxigênio e hidrogênio para o espaço.

> Leia também: nova esticadeira da Arconic permitirá novas aplicações aeroespaciais

Sonda de exploração de Marte feita em alumínio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *