2 de maio de 2019
Jaguar Land Rover testa processos para aproveitamento do alumínio de veículos em final de ciclo de vida

Por Marcio Ishikawa |

O projeto REALITY foi apresentado pela Jaguar Land Rover no final de 2017, com o ambicioso objetivo de utilizar o alumínio de unidades que estão sendo descartadas, em sua fase final de vida útil, na produção de novos automóveis. Agora, o projeto entra na sua fase final de testes, utilizando os protótipos pré-produção do Jaguar I-Pace.

Reality Jaguar Land Rover

No processo, o primeiro passo é a retirada das baterias de íons de lítio – que são encaminhadas para um processo de segundo ciclo de vida que também está em desenvolvimento na empresa. O restante da sucata é separada de acordo com os materiais, com a ajuda de equipamentos especialmente desenvolvidos pela Axion, utilizando sensores de alta-tecnologia. Uma vez separada, a sucata de alumínio é fundida e reutilizada na fabricação de novos veículos.

Reality Jaguar Land Rover

Quando operar em sua plena capacidade, o projeto REALITY deve reduzir o impacto da produção de CO2, uma vez que irá reduzir a quantidade de alumínio virgem necessário para a produção de novos veículos. Segundo a marca, ela já reduziu suas emissões em 46% – graças ao projeto REALCAR, que reaproveita a sucata originada nas próprias linhas de produção. Entre setembro de 2013 e janeiro de 2019, cerca de 300 mil toneladas de sucata das linhas de montagem foram reprocessadas e reutilizadas na produção de novos veículos. Para tanto, com a ajuda da Novelis, foi criada a liga 5754, que contém até 75% de alumínio reciclado.

O projeto REALITY permitirá à Jaguar Land Rover planejar com antecedência a aposentadoria de grandes frotas, por exemplo as utilizadas nos serviços de compartilhamento de veículos. Isso permitirá a implementação de uma economia circular com prazos curtos de produção, já que será possível realizar a recuperação, despoluição e desmontagem em massa. Atualmente, a Jaguar Land rover utiliza 180 mil toneladas de alumínio por ano, uma pequena fração das 80 milhões de toneladas produzidas todo ano no planeta. Vale lembrar que o alumínio é um dos materiais mais reciclados, uma vez que 75% do alumínio produzido até hoje ainda se encontra em circulação.

“Mais de um milhão de carros são descartados por ano no Reino Unido. O projeto REALITY nos oferece uma oportunidade real de dar a eles uma segunda vida. O alumínio é um material valioso e um componente essencial em nosso processo de fabricação. Por isso, estamos comprometidos em garantir que nosso uso seja o mais responsável possível.”
Gaëlle Guillaume, Líder do projeto REALITY na Jaguar Land Rover

O alumínio reciclado obtido nos primeiros testes está sendo avaliado pelos cientistas da Universidade de Brunel, outra parceira do projeto, para a realização de testes de resistência e análise de sua pureza, para garantir que a liga atinja os padrões mecânicos necessários para sua utilização nos veículos.

Leia também:
– Audi testa segundo ciclo de vida para baterias de íons de lítio
– Jaguar Land Rover: futura geração de peças em alumínio
– Novo Jaguar I-Pace faz uso intensivo de alumínio

Projeto REALITY entra em fase de testes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *