24 de julho de 2018
Chamado de Mission E enquanto conceito, carro tem estrutura de carroceria feita de de alumínio, aço e fibra de carbono

Porsche Taycan será o nome do primeiro modelo puramente elétrico da famosa fabricante alemã de carros esportivos. O anúncio foi feito durante as comemorações dos 70 anos da Porsche e a nomenclatura da versão de produção do conceito Mission E, apresentado ao mundo no Salão de Frankfurt de 2015, faz referência a um “jovem cavalo vivaz”, em alusão ao animal presente no logo da marca.

Porsche Taycan

A plataforma do Porsche Taycan, cuja produção está prevista para começar em 2019, é inteiramente nova. Composta de um mix de alumínio, aço de alta resistência e polímeros reforçados com fibra de carbono, a plataforma possui baixo peso e entrega elevada resistência. Isso, associado ao à instalação das baterias no assoalho do veículo, garantem também um baixo centro de gravidade, o que favorece a dirigibilidade. O Taycan oferecerá, segundo a Porsche, o mesmo tipo de resposta dos demais modelos da marca.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Dois motores elétricos síncronos equipam o Porsche Taycan, que juntos entregam potência de 440 kW (equivalentes a mais de 600 cavalos). A tecnologia é herdada das pistas de competição, uma vez que o sistema é similar ao utilizado pelo 919 Hybrid campeão das 24 Horas de Le Mans, a mais famosa e exigente prova de endurance do mundo.

De acordo com a marca alemã, a aceleração de 0 a 100 km/h ocorrerá em menos de 3,5 segundos – e a de 0 a 200 km/h, em menos de 12 s. Além disso, o Porsche Taycan terá autonomia superior a 500 quilômetros e, ainda segundo a Porsche, permitirá múltiplas arrancadas seguidas sem perda de desempenho.

“Nosso novo carro esportivo é forte e confiável; é um veículo que pode cobrir consistentemente longas distâncias e que privilegia a liberdade”, explica Oliver Blume, presidente do Comitê Executivo da marca, sobre o Porsche Taycan.

E uma recarga de apenas 15 minutos garantirá energia suficiente para rodar mais 400 km, se o for utilizado a nova tecnologia Porsche Turbo Charging, de 800 volts, o dobro da voltagem utilizada atualmente como padrão. Os sistemas de 400 volts também poderão ser utilizados, sem problemas, e a Porsche ainda deve oferecer aos proprietários um sistema de recarga por indução, para quando o automóvel ficar estacionado à noite na garagem.

Leia também:
– Audi e Porsche: desenvolvimento conjunto de arquitetura para veículos elétricos

– Carros elétricos vão transformar a demanda de alumínio na indústria automobilística

– Fabricantes criam IONITY, rede de recarga para veículos elétricos na Europa

Porsche Taycan será o primeiro modelo elétrico da marca alemã

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *