6 de junho de 2018
Movimento ampliará capacidade produtiva das duas empresas, que buscam atender demanda do setor automotivo

A Novelis anunciou, no último dia 23 de maio, investimento de aproximadamente 180 milhões de dólares para duplicar a capacidade de produção de chapas automotivas em sua fábrica de Changzhou, na China graças à instalação de uma nova linha de tratamento térmico do tipo CASH (Continuous Annealing Solution Heat), que aumentará a capacidade da planta em cerca de 100 mil toneladas.

Novelis: investimento na planta chinesa

Também serão instalados um novo cortador de alta velocidade e uma nova linha de embalagem  totalmente automatizada. Segundo a Novelis, a expectativa é que a expansão comece ainda em 2018 e esteja concluída em 2020 – momento no qual deverão ser criados 160 novos postos de trabalho na unidade.

Desde o início da sua primeira linha de acabamento automotivo na unidade de Changzhou, em 2014, sua capacidade produtiva está inteiramente comprometida. O investimento acontece em função do lançamento de novos produtos de seus clientes, tanto montadoras tradicionais quanto startups de veículos elétricos, em 2020 e 2021.

“Investir à frente da demanda projetada dos clientes permite que a Novelis ofereça produtos premium e uma cadeia de fornecimento confiável para as montadoras, à medida que continuam adotando mais alumínio automotivo”, disse Kumar Mangalam Birla, presidente do conselho de administração da Novelis.

Telford – Alguns dias antes, no dia 8, a Magna inaugurou uma nova unidade na Inglaterra, na cidade de Telford. A nova planta irá fornecer fundidos estruturais para o grupo Jaguar Land Rover. A nova instalação tem pouco menos de 21 mil metros quadrados e deverá empregar, quando em pleno funcionamento, 300 pessoas. A empresa não revelou o valor do investimento.

A planta de Telford usará o processo de fundição avançada a vácuo, proprietário da Magna. Com o avanço dos veículos que utilizam motores híbridos e propulsão elétrica pura, a redução de peso vem se tornando cada vez mais fundamental – e a Magna diz acreditar que as fundições avançadas são uma peça chave, já que o processo consegue, além de reduzir o peso, maximizar a força e a rigidez estrutural.

“Com esta nova instalação, estabelecemos um centro de excelência de classe mundial para levar as mais avançadas tecnologias de fundição estrutural em alumínio para o Reino Unido”, disse John Farrell, presidente da Cosma International, unidade operacional da Magna no segmento.

Leia também: Novelis faz investimento nos EUA e Europa 

Novelis e Magna anunciam investimento em instalações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *