8 de fevereiro de 2019
Unidade receberá 180 milhões de dólares de investimento para atender a crescente demanda da indústria automobilística na Ásia

A Novelis anunciou, no final de 2018, investimentos da ordem de 180 milhões de dólares na planta de Changzhou, na China, para a expansão da unidade de alumínio automotivo. A capacidade de produção de chapas termicamente tratadas será duplicada, atingindo 100 mil toneladas métricas.

Novelis

A expansão da unidade da Novelis em Changzhou, que receberá uma talhadeira de alta velocidade e uma linha de embalagem totalmente automatizada, deve gerar 160 novos empregos, deve ser concluída até 2020, gerando 160 novos empregos. O prazo está alinhado com o lançamento de novos produtos dos fabricantes de automóveis parceiros da empresa, que devem incorporar soluções de alumínio de nova geração.

Dentre os modelos produzidos com chapas que saíram da fábrica de Changzhou estão modelos que fazem uso intensivo de alumínio, como Cadillac CT6, Audi A6L, Jaguar XFL e XEL (estes três com entre-eixos estendido), e também modelos elétricos da NIO, IONIQ e Kona.

“Uma vez que a demanda do mercado por veículos mais leves e eficientes continua a crescer, a Novelis terá um papel fundamental no suporte para a inovação e design da nova geração de automóveis. Esta expansão reforça nosso comprometimento com os clientes e comunidade, reafirmando a nossa confiança nesse crescente mercado.”
Satish Pai, diretor geral da Hndalco Industries, empresa matriz da Novelis

A Novelis trabalha com a previsão de que o mercado de alumínio automotivo na China atinge um crescimento superior a 10% na próxima década, como resultado de políticas governamentais que visam a redução das emissões de carbono e a crescente adoção de veículos elétricos.

Leia também:
– Novelis criará centros especiais de desenvolvimento
– Por Hot Form Quench, Novelis fecha acordo com a Impression Technologies

Novelis ampliará fábrica de Changzhou, na China
Tags: , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *