23 de fevereiro de 2018
Jaguar Classic fará 25 unidades do icônico vencedor das 24 Horas de Le Mans com carroceria de alumínio

Mais de sessenta anos após a última das 75 unidades ter deixado a fábrica em Browns Lane, o Jaguar D-Type, um dos seus mais famosos carros de competição, terá a sua produção “retomada”. Lançado em 1954, com previsão de 100 unidades, sua produção acabou interrompida antes disso. Agora, a Jaguar Classic, divisão responsável pelos modelos clássicos e históricos da marca inglesa, decidiu que irá produzir artesanalmente as 25 unidades “restantes”.

Jaguar D-Type

O Jaguar D-Type é um dos modelos que marcaram história do automóvel, tendo vencido as 24 Horas de Le Mans, a mais famosa e difícil prova de longa duração do automobilismo mundial, três vezes seguidas (entre 1955 e 57). Além disso, o D-Type foi responsável por introduzir, pela primeira vez em um automóvel de corrida, a estrutura monocoque (em que a carroceria faz parte da própria estrutura do carro, ao invés da até então tradicional estrutura da carroceria apoiada sobre um chassi).

A nova estrutura integrada era feita, em sua maior parte, de alumínio, o que garantia a leveza necessária para um automóvel de competição. As primeiras unidades chegaram a ser construídas em uma liga de magnésio, mas o elevado custo e a enorme dificuldade na hora de fazer qualquer tipo de reparo acabaram levando a Jaguar a optar pelo alumínio – que garantia um custo-benefício muito melhor, tanto no orçamento como para a mão de obra na oficina.

Todos os aspectos técnicos do modelo que foi produzido entre 1954 e 57 serão respeitados e todas as unidades terão as mesmas especificações das 75 unidades já feitas até então. O Jaguar D-Type usava motor XK de seis cilindros, com bloco de ferro e cabeçote de alumínio. Os clientes poderão optar pelas duas versões produzidas até então – a “Short Nose” e a “Long Nose” – esta segunda, feita a partir de 1955, tinha o capô mais longo para melhorar a aerodinâmica.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A unidade exibida na galeria de imagens acima é o protótipo de engenharia montado pela Jaguar Classic, que foi exposto em Paris durante o Salon Retromobile, no início de fevereiro. Esta é a terceira iniciativa semelhante da Jaguar Classic, que já “completou” a produção originalmente prevista do E-Type Lighweight (seis unidades) e do XKSS (nove unidades).

Leia também:
>  Jaguar Land Rover amplia uso de alumínio reciclado

Jaguar retoma produção do D-Type

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *