5 de outubro de 2016
Experiência com composições da Talgo evidenciou as vantagens das composições mais leves

A fabricante espanhola Talgo e a Indian Railways finalizaram no mês de setembro uma experiência que pode resultar na introdução do trem de alumínio na rede nacional indiana de trens. Durante um mês, uma composição realizou viagens entre Delhi e Mumbai, cobrindo 1384 quilômetros, sendo a mais rápida delas em 12 horas e 7 minutos. Durante o trajeto, a velocidade máxima atingida foi de 150 km/h.

As viagens atuais podem levar até 19 horas, sendo que o melhor desempenho, segundo o site Times of India, é de pouco mais de 16 horas, com a composição atingindo a até 140 kmh. A leveza proporcionada pelo alumínio é o principal fator de redução no tempo de viagem – uma necessidade considerada extremamente urgente por alguns veículos de comunicação locais.

Já de acordo com o site Indian Express, a viagem poderia ter sido finalizada em até 11 horas e 55 minutos, não fossem alguns contratempos encontrados durante o caminho. Ainda segundo a reportagem, a velocidade máxima da composição pode chegar a até 220 kmh, mas foi restrita durante o trajeto por uma questão de segurança.

A composição da Talgo que foi testada na Índia possui nove carros, com dois vagões executivos, quatro classes econômicas, um restaurante/cafeteria e um para o transporte de bagagem, além da locomotiva. Hemant Kumar, membro do Conselho de Transportes Ferroviários da Índia, afirmou que os trens leves de alumínio estão nos planos indianos. “Estamos inclinados à possibilidade de utilizar os trens de alumínio em nosso sistema ferroviário”, disse. “Avaliaremos todas as nossas opções.”

Indian Railways realiza teste com trem de alumínio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *