27 de setembro de 2018
Cruiser adota braço oscilante e subchassi em alumínio, além do motor V2 de 16,5 kgfm de torque

A nova Harley-Davidson FXDR foi recentemente apresentada pela fabricante norte-americana, prometendo uma experiência única de condução. Segundo a marca, o incremento na dirigibilidade se traduz em mais agilidade nas curvas, melhor aceleração nas retas e frenagens mais seguras em uma distância menor, tudo isso obtido principalmente através da redução de peso da moto. E, para atingir esse objetivo, os engenheiros contaram com a característica do alumínio de aliar leveza e resistência.

Harley-Davidson FXDR

O processo de emagrecimento contou com o uso de um novo braço oscilante em alumínio, que contribuiu com a redução de mais de 4,6 quilos de peso. O subchassi também passou a ser feito de tubos de alumínio, economizando cerca de três quilos em relação à versão anterior em aço. E, por fim, a roda dianteira de alumínio forjado, com 19 polegadas, também foi redesenhada, com raios mais estreitos, para ficar mais leve. Além disso, seguindo a tendência multi-material para a redução de peso nos veículos, paralamas e rabeta foram produzidos em fibra de carbono.

A Harley-Davidson FXDR conta com o uso do novo motor Twin-Cooled Milwaukee-Eight 114, que tem como principal característica o elevado torque – são 16,5 kgfm. Trata-se de um V2 de 1,8 litro de deslocamento (114 polegadas cúbicas, na medida americana) e quatro válvulas por cilindro (oito no total).

Leia também:
– Exército americano desenvolve pó de alumínio para produção de energia
– Congresso Internacional do Alumínio discute o setor automotivo e de transportes
– Nova técnica cria liga de alumínio tão resistente quanto aço inoxidável

Com alumínio, Harley-Davidson FXDR reduz peso em prol da dirigibilidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *