14 de fevereiro de 2017
Utilitário-esportivo fica maior, mas graças à carroceria de alumínio, também fica mais leve

A Ford apresentou a nova Ford Expedition, utilitário-esportivo de grande porte do mercado americano. A principal novidade é que o SUV de oito lugares segue os passos da picape F-150 (com quem compartilha a mesma plataforma) e adota a carroceria integral de alumínio. A novidade estará disponível nos Estados Unidos a partir do segundo trimestre.

O novo modelo está 10,1 centímetros mais longo e, dessa medida, 7,6 cm vêm em função da ampliação do entre-eixos. Na prática, isso representa mais espaço na cabine, com mais conforto acomodar os passageiros nas três fileiras de assentos – que, também, são rebatíveis, formando uma considerável área livre para acomodar grandes objetos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A nova Ford Expedition também está 2,5 cm mais larga. Mas, apesar de ganhar em dimensões, graças ao uso intensivo do alumínio perdeu 136 quilos nas versões de entrada – a versão de entrada pesa 2358 quilos. Segundo a Ford, a redução de peso varia de versão para versão, em função do número de equipamentos instalados.

O SUV utiliza o motor EcoBoost de 3,5 litros, com 365 cavalos de potência e 58,06 kgmf de torque. A unidade trabalha acoplada a uma também estreante transmissão automática de dez velocidades – conjunto também comum às picapes F-Series.

A nova Ford Expedition pode ser considerado a confirmação do sucesso do ousado projeto da F-150, o primeiro veículo de produção em larga escala a adotar carroceria em alumínio – visto com desconfiança na época de seu lançamento. Além da reestruturação de sua cadeia de produção, a Ford também promoveu todo um processo de adaptação e capacitação da sua rede de concessionárias e prestadores de serviços de reparação.

Em 2016, a Ford vendeu 820 799 picapes F-Series, um aumento de 5,2% em relação ao ano anterior, tornando-se o veículo mais vendido  da América do Norte pelo 35° ano consecutivo. Foi o volume de produção mais elevado da F-150 desde 2005, quando foram vendidas 901 000 unidades. O rival direto no mercado americano, a Chevrolet Silverado, vendeu 245 mil unidades a menos.

Nova Ford Expedition muda para alumínio e perde 136 quilos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *