21 de junho de 2018
Ônibus híbrido de dois andares de Londres continua com estrutura leve, mas agora usa ultracapacitores no lugar das baterias

Por Marcio Ishikawa |

A Go-Ahead, operadora do sistema de ônibus em Londres, capital do Reino Unido, recebeu as primeiras 39 unidades da nova geração do Enviro 400H, ônibus de dois andares fabricado pela Alexander Dennis. O modelo conta agora com tecnologia da BAE Systems e passa a operar com um ultracapacitor para armazenamento de energia, em substituição ao pacote de baterias do modelo anterior.

Enviro 400H
fotos: divulgação/Alexander Dennis Limited

O modelo utiliza estrutura de carroceria multi-material de baixo peso, feita primariamente com perfis de alumínio extrudado, com a adição de aço inoxidável em alguns pontos. Segundo a Alexander Dennis, todas as partes estruturais são unidas mecanicamente, de modo a facilitar eventuais reparos no caso de colisão. Teto e a plataforma intermediária são uma peça única feita de compósitos de carbono – sendo que a primeira possui tratamento para isolamento térmico.

O chassi é composto de aços de alta-resistência e, para prevenir qualquer possibilidade de corrosão eletrolítica entre os materiais dissimilares, toda a estrutura recebe pintura dielétrica, que realiza o devido isolamento. Os painéis de fechamento são de alumínio e seu design evita protusões mesmo nas áreas de dobradiças e nos pontos de fixação, de modo a facilitar a limpeza.

Enviro 400H

As saias laterais inferiores e as molduras de canto, mais suscetíveis a danos por choques com calçadas e objetos localizados no meio fio, foram desenhadas como peças separadas dos painéis maiores, de modo a facilitar sua substituição e reduzir os custos de manutenção. O Enviro 400H também utiliza tanque de combustível em alumínio.

O Enviro 400H manteve a arquitetura híbrida da geração anterior, com motor Cummins de 4,5 litros, quatro cilindros turbo, com certificação Euro 6, que aciona um gerador para a produção de energia elétrica para o ultracapacitor. A nova geração do Enviro 400H, no entanto, agora dispensa o uso de caixa redutora de velocidade, aumentando sua a eficiência e minimizando o desgaste.

Enviro 400H

Em relação aos ônibus convencionais movidos a diesel, o Enviro 400H obtém uma redução de 37% na emissão de gases causadores do efeito estufa, o que lhe rendeu a classificação Ultra-Low Emissions Bus – ônibus de ultra-baixa emissão.

O ultracapacitor tem a mesma vida útil prevista do ônibus em si, o que não ocorria com o pacote de baterias da geração anterior – que precisava ser substituído na meia vida do veículo. E, segundo a Alexander Dennis, não houve nenhum prejuízo em termos de performance ou no conforto para os passageiros.

Leia também: O futuro dos coletivos é agora

Segunda geração do Enviro 400H mantém alto conteúdo de alumínio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *