15 de maio de 2020
Modelo desenvolvido por startup americana possui estrutura leve em alumínio e fibra de carbono

Por Marcio Ishikawa | A Czinger é uma startup americana baseada em Los Angeles, que desenvolveu o hipercarro C21 com uma filosofia baseada na manufatura aditiva. Dessa forma, boa parte de sua estrutura é feita de fibra de carbono e componentes de liga de alumínio de alta resistência, produzidos em impressoras 3D. Isso lhe garante um peso bastante reduzido, de apenas 120 quilos. O peso total do veículo é de 1250 quilos. 

Czinger C21

“Buscamos combinar potência computacional, ciência e manufatura aditiva em um único sistema”, diz Kevin Czinger, fundador da empresa, que apresenta o C21 como o hipercarro revolucionário para o século XXI – produzido a partir de um sistema de produção que integra software de projeto e otimização automatizado, processos patenteados de fabricação aditiva, montagem automatizada de alta precisão e novos materiais de alta performance. 

Czinger C21

 A estreia do Czinger 21C estava agendada para o Salão de Genebra, no início de março, mas o evento acabou cancelado devido à pandemia da Covid-19. O modelo, que terá sua produção limitada a apenas 80 unidades, nas versões C21 e C21 Lightweight, foi então apresentado em Londres, alguns dias depois. 

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Czinger C21, modelo de dois lugares em linha (o passageiro se senta atrás do motorista) utiliza um motor V8 central-traseiro, de virabrequim plano, com 29 litros de deslocamento e dois turbos, responsável por tracionar as rodas traseiras por meio de uma transmissão sequencial de sete marchas. Já as rodas do eixo dianteiro são conectadas a dois motores elétricos. 

A potência combinada dos três motores é de 1.250 cv (que dá ao modelo uma relação peso/potência de 1:1), com 86,4 mkgf de torque. Segundo a empresa, o Czinger C21 acelera de 0 a 100 km/h em apenas 1,9 segundo, com velocidade máxima de 432 km/h – batendo na casa dos 400 km/h em apenas 29 segundos. O modelo será vendido com preço a partir de US$ 1,7 milhão. 

Leia também:
– CustAlloy, a liga de alumínio para impressão 3D de peças estruturais
– Impressão 3D em alumínio no carro da Alfa Romeo na Fórmula 1
– Aeromet desenvolve liga A20X para impressão 3D que supera 500 MPa

Czinger C21, o hipercarro produzido com impressão 3D metálica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *