31 de março de 2020
Desenvolvida pela EDAG, liga deve ser disponibilizada ainda em 2020 e poderá ser usada para produção em larga escala

Por Marcio Ishikawa |

O Grupo EDAG, da Alemanha, desenvolveu uma nova liga de alumínio, com nome comercial de CustAlloy, para impressão 3D, especialmente voltada para produção de peças automotivas estruturais, capazes de atender a requisitos de segurança e crash-tests, e produção em larga escala. Segundo a empresa, especializada na criação de soluções para a indústria automobilística, a nova liga oferece elevada resistência e alta taxa de alongamento – embora o comunicado não tenha divulgado valores.

CustAlloy

A pesquisa e desenvolvimento da liga, que estará disponível oficialmente em alguns meses, é parte do projeto “CustoMat_3D”, que contou o apoio oficial do Ministério Federal de Educação e Pesquisa da Alemanha (BMBF). Para o seu desenvolvimento, toda a cadeia de processos para impressão metálica 3D foi analisada, desde a fabricação de pós, passando pelos processos de simulação e até o desenvolvimento de componentes.

Cada uma dessas etapas contou com com a participação diferentes parceiros. A definição da liga e a fabricação do pó foram realizadas pelo Instituto Leibniz de Engenharia de Materiais (IWU) e pela Kymera International. Já os processos do sistema a laser para impressão 3D ficaram a cargo da Fraunhofer IAPT, GE Additive e FKM Sintertechnik, enquanto simulações de resfriamento rápido do material impresso foram realizadas por Fraunhofer ITWM e MAGMA Giessereitechnologie. Por fim, a demonstração do desempenho foi realizada pela Mercedes-Benz e EDAG Engineering, com o apoio da Altair Engineering.

Nos testes de produção, foram selecionadas peças de diferentes aplicações e obteve-se uma redução de peso eficaz, por exemplo, tanto na produção de rolamentos como em um componente mais complexo com requisitos de alta rigidez na área da caixa de rodas. Foram obtidos reduções até 30% acima do esperado, segundo a EDAG.

Além de permitir a produção de peças com peso significativamente reduzido, a CustAlloy também se mostra versátil, aceitando tratamento térmico a jusante, o que permite a produção de peças com diferentes propriedades. Foram realizadas ainda testes de corrosão e aplicação de variadas tecnologias de união, todos bem sucedidos.

Leia também:
– Aeromet: liga A20X para impressão 3D supera 500 MPa
– Rio Tinto inicia comercialização da liga Revolution-Al
– Aluminum Association anuncia normalização das ligas de alumínio para impressão 3D

CustAlloy: liga de alumínio para impressão 3D de peças estruturais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *