16 de novembro de 2016
Veja as principais novidades e atrações que fazem uso do alumínio em sua construção

O Salão do Automóvel de São Paulo é um dos maiores eventos da indústria automobilística no mundo – e o mais importante da América Latina. No evento, que acontece entre 10 e 20 de novembro no São Paulo Expo, apresenta vários lançamentos e atrações – incluindo muitas novidades em alumínio – veja aqui as principais:

Land Rover Discovery
Land Rover Discovery

É mais um modelo do grupo Jaguar Land Rover que adota a nova arquitetura de alumínio, presente em 85% da carroceria, sendo que 43% é advinda de processos de reciclagem. O SUV de sete lugares ficou 480 quilos mais leve. Clique aqui e saiba mais

Novos motores SCe da Renault

 

 

 

 

 

 

Motores SCe em alumínio da Renault

O Salão do Automóvel foi o palco escolhido pela Renault para apresentar a sua nova linha de motores SCe (sigla em inglês Smart Control Efficiency), que utilizam bloco em alumínio e terão versões 1.0 de três cilindros e 1.6 de quatro cilindros. Outro destaque da linha é a adoção do ESM (Energy Smart Management) de regeneração de energia, tecnologia baseada nos motores da Fórmula 1. Leia mais clicando aqui

Tesla Model

Tesla Model S

Ele é o automóvel elétrico mais badalado do planeta e utiliza carroceria que é quase inteiramente feita em alumínio. E ele será vendido no Brasil pela Elektra Motors, empresa americana, criada por empresários brasileiros, com foco em tecnologia sustentáveis. Saiba mais aqui

Audi R8 V10
Audi R8 V10 Plus
O superesportivo é a grande novidade do estande da Audi, que lança a sua segunda geração no Brasil poucos meses depois de apresenta-lo na Europa. O modelo manteve o seu visual agressivo, mas ele também ganhou novidades em sua carroceria, com a adoção de uma carroceria que faz uso da combinação de alumínio com polímeros reforçados com fibra de carbono. Segundo a Audi, isso fez com que a carroceria do R8 ficasse 50 quilos mais leve que na geração anterior, totalizando agora 1580 quilos. Outro destaque é o motor traseiro central 5.2 FSI, também em alumínio, que entrega nada menos que 610 cavalos de potência, levando o carro a acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 3,2 segundos, com velocidade máxima de 330 km/h.

Mercedes Classe E
Mercedes-Benz Classe E
É mais um modelo que faz parte do grupo de carros que mais usa alumínio, com mais de 300 quilos por unidade, presentes na parte estrutural (fundidos) e nos painéis de fechamento (chapas). O sedã alemão, que chegou à sua décima geração foi lançado no Brasil semanas antes do Salão. Ele utiliza motor de dois litros e 211 cavalos, trabalhando em conjunto com uma nova transmissão automática 9G-TRONIC de nove marchas. De acordo com os dados fornecidos pela Mercedes, ele acelera até os 100 km/h em 6,9 segundos, partindo da imobilidade, e atinge 250 km/h de velocidade máxima, limitada eletronicamente. O novo Classe E tem como grande destaque algumas tecnologias semiautônomas, como o controle de distância ativo DISTRONIC, que segue o carro à frente sem intervenção do motorista a uma velocidade de até 210 km/h, e o Assistente Ativo de Manutenção de Faixa, que detecta quando o veículo está saindo da faixa involuntariamente e pode acionar os freios de um lado para manter o veículo na faixa.

Mercedes GLC Coupé
Mercedes-Benz GLC Coupé
Mais uma novidade da marca alemã da estrela de três pontas no segmento dos SUVs, o modelo também faz uso intensivo de alumínio, tanto na sua parte estrutural, combinada com aços de alta resistência, como nos painéis de fechamento.

Maserati Levante
Maserati Levante
Ele é o primeiro utilitário esportivo da famosa marca italiana de luxo e o seu projeto faz uso intensivo de alumínio na carroceria e também na suspensão. Ele começa a ser vendido no Brasil através da Via Itália, importadora oficial. No Brasil, estará disponível o motor V6 biturbo 3.0 a gasolina, em versões de 350 ou 430 cavalos de potência (na Europa, também existe a motorização V6 turbodiesel, com 250 ou 275 cavalos). O acabamento é de luxo, com duas opções de acabamento (Luxury e Sport), mas o modelo tem capacidade fora-de-estrada, contando com tração integral com distribuição inteligente de torque, além de suspensão com regulagem de altura com cinco estágios diferentes.

Porsche Panamera
Porsche Panamera
A geração do sedã é outro modelo que está na lista daqueles que mais utilizam alumínio no mundo, com mais de 300 quilos, em conjunto com aços de alta resistência em sua estrutura. Ele será vendido no Brasil em duas versões: Panamera 4S, com motor V6 biturbo de 440 cavalos (0 a 100 km/h em 4,2 segundos), e o Panamera Turbo, com motor V8 biturbo de 550 cavalos (0 a 100 km/h em 3,6 segundos). A transmissão é a PDK de dupla embreagem, com oito velocidades. A segunda geração, apesar de manter as quatro portas e quatro lugares, ganhou um design mais esportivo, que remete ao 911, o modelo mais icônico da marca alemã.

Jeep Compass
Jeep Compass
O renovado SUV estreia o novo motor Tigershark 2.0 flex, com bloco e cabeçote em alumínio e que entrega 166 cavalos de potência e 20,5 kgmf de torque. Ele, que equipará as versões Sport, Longitude e Limited, trabalha em conjunto com uma transmissão automática de seis marchas, com tração 4×2. Há, ainda, uma opção de motor turbodiesel, de dois litros e 170 cavalos, com um câmbio automático de nove marchas.

Chevrolet Camaro
Chevrolet Camaro
O muscle-car acaba de chegar ao Brasil, trazendo uma nova carroceria que faz uso de materiais leves – uma combinação de aços de alta resistência e alumínio. No total, ele está 83 quilos mais leve que o antecessor, além de ter ficado 28% mais rígido. O motor continua sendo um V8 de 6,2 litros, mas que foi aprimorado e ganhou 55 cavalos de potência (total de 461 cv) e 7 kgmf de torque (totalizando 62,9 kgmf). Já a transmissão é automática, com oito velocidades e tração traseira. Segundo a Chevrolet, ele acelera de 0 a 100 km/h em 4,2 segundos e atinge até 290 km/h.

Ford F-150 Raptor
Ford F-150 Raptor
A F-150 é o primeiro veículo de grande volume a fazer uso intensivo de alumínio e, apesar de não haver planos da picape ser vendida aqui no Brasil, a Ford mostra a versão esportiva (e mais cara) no Salão do Automóvel de São Paulo. Saiba mais sobre a F-150 e sua carroceria de alumínio clicando aqui.

Chevrolet Bolt
Chevrolet Bolt EV
Ele é mais um modelo elétrico que, em prol da autonomia, faz uso do alumínio em várias partes da carroceria para reduzir o seu peso. Por enquanto, não há intenção da marca na sua comercialização no Brasil, mas ele é uma das atrações no São Paulo Expo. Exibido em uma plataforma giratória, ele terá, ao seu redor, um corrimão que funciona como um gerador de Van de Graaff e arrepia os cabelos de quem o segurar. Saiba mais sobre o Bolt aqui

Mitsubishi L200 Triton

Mitsubishi L200 Triton

A picape foi totalmente renovada e é a primeira do mercado a adotar um motor turbodiesel em alumínio, que é 30 quilos mais leve que a unidade de força anterior. Saiba mais aqui

Jaguar F-Type SVR
Jaguar F-Type SVR
O esportivo inglês é mais um que usa arquitetura de alumínio e sua versão mais potente, preparada pela divisão de projetos especiais da Jaguar, é o grande lançamento da marca inglesa no Salão do Automóvel.

Jaguar F-Pace

Jaguar F-Pace
O primeiro utilitário-esportivo da marca inglesa também usa a arquitetura de alumínio – carregando mais de 400 kg – e começou a ser vendido recentemente no Brasil.

Ford GT
Ford GT
O esportivo da Ford já não é uma novidade, já que foi lançado no começo de 2015, mas não deixa de ser uma das grandes atrações que está apenas de passagem no Salão de São Paulo. Mas os brasileiros poderão observar as linhas agressivas de sua carroceria, que faz uso intensivo de alumínio e fibra de carbono.

Nissan GT-R
Nissan GT-R
Outro modelo que não é novidade, mas sendo um dos esportivos mais famosos do planeta, certamente é uma atração e tanto. Ele utiliza arquitetura multi-material, com uma combinação de alumínio, aços de alta resistência e fibra de carbono. Começou a ser vendido recentemente no Brasil pela Nissan, mas apenas sob encomenda.

O alumínio no Salão do Automóvel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *