3 de outubro de 2016
Modelo elétrico usará o metal em diversas partes externas em prol da autonomia

A Chevrolet fará uso de uma série de materiais leves na próxima geração do Bolt, incluindo alumínio na carroceria. Considerado um forte concorrente do badalado Tesla Model 3, ele será produzido na planta de Orion a partir de 2017. Segundo reportagem do Detroit News, o modelo será vendido por cerca de 30 mil dólares, já com o benefício fiscal para modelos não poluentes.

O alumínio estará presente em partes como capô, paralamas, portas, teto e tampa do porta-malas, contribuindo para a redução de peso e, assim, ampliando a autonomia do modelo. A distância com que é possível percorrer com uma carga de bateria é um dos calcanhares de aquiles dos carros elétricos – por isso, a redução de peso é fundamental nesse tipo de veículo.

A notícia não deixa de ser um tanto irônica, já que a marca chegou a fazer críticas à Ford na época do lançamento da atual geração da F-150, que faz uso intensivo de alumínio. Um comercial questionava a resistência do alumínio em relação ao aço – mas foi retirado do ar menos de uma semana após o seu lançamento, já que dentro da própria General Motors admitiu-se que o uso do alumínio era algo inevitável em um futuro próximo.

General Motors usará alumínio na carroceria do Bolt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *